15
Aug
2018
0

Universal Orlando inaugura o Aventura Hotel

A partir de amanhã uma nova tendência surge no mercado hoteleiro de Orlando, graças ao Universal Orlando Resort. O Aventura Hotel, o mais novo empreendimento do ramo, inaugura em um estilo high-tech, com um restaurante na cobertura e transporte gratuito para os parques, com uma tarifa bem mais econômica em comparação a um hotel que esbanja algumas das regalias citadas acima.

Aventura Hotel – Courtesy of Lowes

Começando com preço de $97 (cerca de R$380), quartos equipados com iPads, piscinas com música debaixo d’água e culinária diversificada farão parte dos seus dias de férias.

Durante um evento na propriedade, com o intuito de apresentar o hotel para a imprensa local, recebemos Tom Williams, presidente e diretor executivo da Universal Parks & Resorts, e Jonathan Tisch, presidente e CEO da Loews Hotels & co. para passar mais detalhes da empreitada e discutir sobre mais quartos e hotéis temáticos chegando no complexo Universal Orlando em um futuro próximo.

Mídia preview – Courtesy of Universal Orlando

Seguimos para conhecer os quartos e o que fisgou meu coração – apesar de não ser “tecnológica” de jeito nenhum – foi o iPad que resolve tudo ali, ao alcance dos dedos, no conforto da sua camazinha, que possivelmente, terá uma vista do parque aquático Volcano Bay. Até o check out pode ser feito do quarto.

Opções de comida não faltam – da pizza ao sushi, da paella (minha favorita) ao hambúrguer – a Urban Pantry é uma espécie de mini praça de alimentação, prontinha para aqueles, que porventura, queiram passar o dia relaxando no hotel, ou queiram fazer uma boquinha no retorno dos parques.

Urban Pantry – Mila Soares

O Bar 17 Bistro, no último andar, é o queridinho atual do complexo. A vista lá de cima abrange diversas áreas de Universal Orlando e da cidade. O bar central oferecerá bebidinhas e petiscos para a turma e sentar nos sofazinhos para bater um papo e desfrutar da paisagem será um must go!

Bar 17 Bistro – Courtesy of Universal Orlando
Resorts
Pre-Opening
Aventura

Coloca todas essas vantagens em conjunto com um preço acessível no roteiro e voilá! Seu descanso físico e mental já está mais do que garantido. Agora é só curtir várias das atrações e brinquedos mais cogitados de Orlando City.

 

6
Aug
2018
0

A festa está só começando!

Como não é todo dia que se completa 90 anos, sendo o dono desta festa o Sr. Mickey Mouse, marcas do mundo inteiro, de luxo ou não, estão com a corda toda para celebrar a vida do ratinho. A última grife a entrar na comemoração foi a sofisticada Yves Saint Laurent, confeccionando uma camisa de crepe estampada com o personagem.

A etiqueta francesa inovou a moda nos anos 60 e 70 com suas peças inspiradas em roupas masculinas e em 1983, o designer foi o primeiro profissional da moda a ser homenageado pelo Museu Metropolitano de Arte. Após 10 anos do falecimento de Yves Saint Laurent, a marca que ele fundou continua a ser uma presença imponente nas passarelas e o atual diretor criativo, Anthony Vaccarello, prossegue com o mesmo conceito, afirmando tal proposta no artefato criado para o aniversário do Mickey.

Camisa YSL com estampa de Mickey Mouse

Courtesy of YSL

A camisa veste tanto mulheres, como homens e a aposta é de que a veremos nas celebridades e influenciadoras na semana de moda de Nova York, a qual acontecerá no início de setembro.
Acompanhemos a hashtag #MickeyTrueOriginal e meu instagram @cosmopolitando para testemunhar o festejo do ano!

30
Jul
2018
0

Restaurante de “A Bela e a Fera” ganha novo cardápio

O Be Our Guest, localizado no Magic Kingdom, acabou de lançar um novo cardápio. Trata-se de um menu fixo, com entrada, prato principal e sobremesa. O chef brasileiro, Marco Chaves, comanda a cozinha com esmero e não tem receio de acrescentar mais tempero nas suas criações inspiradas na culinária francesa.

“Aqui na Flórida o cliente já espera que a comida seja mais temperada, mesmo sabendo que o restaurante segue a culinária francesa”, diz chef Marco.

Chef Marco Chaves – Mila Soares

Os pratos estão voltados para o lado sofisticado, com uso de ingredientes finos. Dentre as opções de entrada estão a favorita sopa de cebola francesa, bem como, polvo e escargot. Como prato principal, filet mignon, poulet rouge e Bouillabaisse, prato típico francês, comum na região do Mediterrâneo, que consiste de um guisado de frutos do mar com ervas aromáticas.

Prato principal que leva peixe e frutos do mar

Courtesy of Disney Parks

De sobremesa, um trio que homenageia os cômodos do restaurante: “Zip”, a pequena xícara do filme, é confeccionada com chocolate branco e recheada com “Grey Stuff” – uma espécie de mousse de oreo. Esta representa o salão principal, no qual a Bela e a Fera caíram de amores um pelo outro; o macaron de framboesa retrata o Rose Gallery, aposento que contém uma caixa de música com os protagonistas dançando lentamente;  a trufa de chocolate – minha favorita – simboliza o misterioso West Wing, quarto onde encontramos a rosa, elemento eleito com capacidade para  salvar o príncipe – a Fera – do feitiço colocado sobre ele quando negou abrigo a uma moça. Sob a ameaça do tempo, ele tem, apenas, até a última pétala despencar para achar o seu grande amor.

Dessert Trio - na foto "Chip"

Dessert Trio – “Zip” – Mila Soares

Todos os ambientes nos transportam para o filme. O salão principal, então, com seus lustres gigantescos e teto com nuvens e querubins, é o que mais nos remete à história, especialmente quando olhamos pelos janelões e observamos a “neve” cair lá fora. Vale acrescentar aos predicados do local, que os ingredientes são frescos e o empenho da equipe para mantê-los como tal é notável.

“Todos os dias tenho o desafio de criar os pratos da mesma maneira, para que os fregueses fiquem satisfeitos. Tudo é absolutamente medido e as provas são feitas por hora”, revela chef Marco.

O novo cardápio é servido todos os dias no jantar e custa $55 (cerca de R$205) por adulto e $35 (cerca de R$130) por criança. A reserva é extremamente recomendada e deve ser feita com 180 dias de antecedência.

 

25
Jul
2018
0

“Umbrella Sky” – um céu de cores em Miami

São diversos guarda-chuvas de cores vibrantes flutuando na Giralda Plaza, lugar charmoso para passear, comer uns quitutes e fazer umas compras na cidade de Coral Gables, do ladinho de Miami.

A cidade foi a primeira no sul da Flórida e a terceira nos Estados Unidos a sediar o projeto de arte do Umbrella Sky, uma exposição de arte pública reconhecida internacionalmente, a qual tem agraciado ruas ao redor do mundo, incluindo Paris e Lisboa. A proposta teve início em 2011 como parte do famoso festival de artes AgitÁgueda, na cidade de Águeda – Portugal. Todos os anos, durante os meses quentes do verão de julho, agosto e setembro, ruas estreitas da cidade ganham os dosséis coloridos, que por sua vez oferecem um caminho sombreado para os pedestres que por ali venham a passar.

"Umbrella Sky"

Os cabos dos telhados são amarrados com os guarda-chuvas – no caso sóis –  os quais arrefecem a rua de uma forma criativa e rentável. E não é somente a via por inteiro que ganha beleza. Há uma certa graça ao olhar para baixo e observar o desenho que os sombreiros criam no chão.

Se estiverem em Miami, ou planejando uma viagem em breve, vale um pulinho até lá!

18
Jul
2018
0

Saiba mais sobre o Disney After Hours …

… E a sensação de ter o Magic Kingdom, a bem dizer, só seu!

Este evento acontece em noites selecionadas e o ingresso é comprado separadamente. A entrada no parque é permitida a partir das 19h e podemos permanecer na propriedade até 1 da matina (dependendo da noite escolhida), o que rende fotos maravilhosas e passeios como se fôssemos a própria Cinderela.

Credencial – Mila Soares

“Partners” – Mila Soares

As atrações ficam abertas e vazias. A montanha-russa dos 7 anões, por exemplo, estava sem nenhum tempo de espera, algo impossível de acontecer em um dia comum. Algumas lojas, como a Emporium na Main Street, funcionam para os que ainda pensam nas compras. A  lanchonete Casey’s Corner e a Starbucks vendem cachorros-quentes e cafés respectivamente, para aqueles que não querem se lambuzar com os picolés do Mickey e pipocas  – estes no esquema coma à vontade.

O ingresso custa $119 mais taxa (cerca de R$430) – adultos e crianças – se comprado com antecedência e $124 mais taxa se comprado no dia, podendo ser adquiridos aqui https://disneyworld.disney.go.com/events/disney-after-hours/purchase/

Mesmo que o preço soe salgado para “apenas” 6 horas, recomendo focar mais no tanto de atrações que podem ser aproveitadas, do que nas horas permitidas propriamente ditas. Com os brinquedos vazios a chance de desfrutar da grande parte delas é maior do que se você passasse o dia no Magic Kingdom como de praxe. O show  “Happily Ever After” fará parte da sua noite, caso você adentre pelas portas encantadas do Magic Kingdom até as 20h. Ou seja, fazemos tudo que temos direito e mais um pouco, se considerarmos também a possibilidade de admirar o percurso “desabitado” entre uma land e outra – é, literalmente, mágico caminhar pelo Magic Kingdom sem esbarrar em ninguém!

Momento do “Happily Ever After” – Mila Soares

Castelo durante o “Happily Ever After” – Mila Soares

E tem mais… para os pais de meninas, o Princess Fairytale Hall, local onde as princesas esperam para um papinho com autógrafos e fotos, também está acessível e transitável sem nenhum impedimento.  Os fotógrafos cast members estarão à disposição.

Para mim, que amo contemplar o castelo e fazer registros fotográficos, preferi só passear e descobrir os cantinhos especiais que, muitas vezes, passam despercebidos na correria de um dia comum no parque. No entanto, também consigo enxergar as vantagens de se explorar os brinquedos livremente. Ou, quem sabe, misturar um pouco dos dois. De uma forma ou de outra, lembre-se de pegar sorvetinho ali, ou uma pipoquinha acolá e, nesse ínterim, vá aproveitando cada particularidade do lugar.

Esperando Cinderela abrir a aporta para mim!

Fonte da Cinderela – Mila Soares

De casal é romântico passear de mãos dadas pelos jardins, quem sabe até fazer o pedido de casamento sem tanta gente estranha para testemunhar. De turma também é divertido – cheguei a ver amigos deitados na rua principal só conversando e admirando o castelo. Até sozinha é bom! Melhor ainda, para os que estão com a viagem curtinha. De repente, faz umas compras durante o dia e chega no parque por volta das 6 da noite para dar tempo estacionar, pegar trenzinho, monorail, fazer check in e entrar exatamente às 19h, com o intuito de aproveitar absolutamente tudo que estar incluso no evento.

Castelo visto por trás – Mila Soares

O Disney After Hours realiza-se geralmente nos meses do verão, mas já vi acontecer no inverno também. Abaixo as datas para 2018:

De 10:00 PM às 1:00 AM

  • Saturday, July 21, 2018
  • Saturday, July 28, 2018
  • Saturday, August 4, 2018
  • Saturday, August 11, 2018

De 9:00 PM às 12 AM:

  • Thursday, August 30, 2018
  • Thursday, September 20, 2018

Ainda de dia – Mila Soares

8
Jul
2018
0

Ice Cream Museum x Target

Celebrem, ó amantes dos lugares instagramáveis! O museu do sorvete, Ice Cream Museum, que começou em Nova York e partiu para Miami Beach ano passado, deixando o Instagram mais cor-de-rosa do que nunca, tem novidade nas prateleiras!

Sprinkle Pool

Mais de 1800 lojas Target estão vendendo não só um, mas sete sabores, em parceria com a marca a partir de hoje! Pinãta, Vanillionaire, Chocolate Crush, Cherrylicious, Churro Churro, Nana Banana e, claro, Sprinkle Pool. Este não poderia faltar de jeito nenhum, depois de tantos mergulhos e selfies tiradas na piscina de granulados coloridos do museu – a tal tem, aproximadamente, 30cm de altura e 100 milhões de granulados de plásticos.

Na faixa de $5 (cerca de R$17) vou já entulhar uns no freezer! Nada mais gelado e apropriado, após essa conversa sobre piscina – sem contar que o calor da Flórida está de tinir o juízo desta pobre mortal.

A dieta que se exploda na quentura!

 

Chocolate Crush

 

2
Jul
2018
0

Dicas para comemorar seu aniversário na Disney

Mini bolo Amorette's (Foto: Cosmopolitando)

 

Compilei várias delas logo abaixo; algumas são para adultos, outras somente para crianças. Gratuitas ou com um precinho a pagar… No entanto, saiba que, se nada nessa lista te apetece, um dos melhores bens de Walt Disney World é ter sempre uma atividade divertida e muitas emoções em cada esquina do complexo. Afinal, você estará festejando no lugar mais feliz da Terra!

1. Tudo começa ao reservar seu hotel e/ou restaurante
Informe ou o seu agente de viagens, ou os cast members dos serviços de reserva da Disney, ou escreva uma notinha na sua reserva on-line, dizendo que você está comemorando uma data importante.

Todos os parques têm um guest relations – serviço de informações e reservas para os visitantes -, onde você adquire seu button (broche) de aniversário. É gratuito e sinaliza para todos que é o seu dia –  no meu, era parabéns a cada passo que dava, até chamada para dançar com a bandinha da Main Street (rua principal) eu fui! Ah! Pipoca e picolé “on the castle” (por conta da casa), assim disse um dos cast members. Dica: as crianças que estão com button têm mais chances de serem escolhidas para fazer algo especial durante um show.

Button de aniversário (Foto: Cosmopolitando)

 

2. Conte para o garçom
Nos restaurantes, faça questão de falar que é seu aniversário. Muitas vezes – não é sempre -, aqueles que possuem serviço de mesa trazem um cupcake com vela ou uma sobremesa acompanhados de um  “happy birthday”. Dependendo do parque, canta-se “parabéns para você” em outras línguas, como no francês Les Chefs de France – Epcot.

3. Que tal receber um “parabéns” do Pateta?
Se for hóspede de algum hotel do Walt Disney World, combine com a recepção para agendar uma ligação especial de aniversário e o Pateta fará seu dia mais feliz.

4. Quer investir uma grana? Celebre com balões, flores e presentes
A Disney floral & gifts também pode entregar cestas cheias de guloseimas e pelúcias para as crianças. Para os casais apaixonados, champagne, buquê de rosas e toalhas personalizadas e para as “princesas”, carta da fada madrinha, coroa e varinha de condão.

5. Faz mais o estilo “ quero só um bolinho”?
Encomende o seu para ser entregue no quarto ou restaurante da sua escolha, ligando com dois dias de antecedência para Cake-Ordering Hotline (linha direta de encomendas) no número 407-827-2253. A Amorette’s, confeitaria do complexo de entretenimento Disney Springs, também tem o mesmo serviço. O preço pode variar de $35 (cerca de R$120) servindo 5 pessoas a $180 (cerca de R$620) servindo 100.
Em caso de alergia a algum ingrediente, a Disney tem opções de bolos veganos nos sabores chocolate ou baunilha.

Como alternativa, a confeitaria vegana Erin McKenna’s – Disney Springs – entrega bolos gluten-free, egg-free, veganos e kosher, que servem de 8 a 10 pessoas, em restaurantes que pertencem ao complexo Walt Disney World.

6. Troco meu bolo por um sapatinho
A sobremesa mais fofa e peculiar do reino é a Cinderella Chocolate Slipper (sapatinho de chocolate da Cinderela), servida apenas no Cinderella’s Royal Table – Magic Kingdom e nos restaurantes dos hotéis Disney’s Contemporary e Disney’s Grand Floridian. Antes de encomendar, recomendo reserva no restaurante da sua escolha, dentre os que estão nos locais mencionados acima. Um número de reserva será requisitado e uma mesa precisa estar garantida, a fim de que a sobremesa seja recebida.

Vale ressaltar que o sapatinho não está incluso nos cardápios. Por isso, não espere pedi-lo ao terminar sua refeição. Ao invés disso, encomende o seu na linha direta de encomendas de bolo Disney e lembre-se de pedir para incluir uma mensagem personalizada e comestível. Dica: esse sapatinho de chocolate também pode ser usado no pacote de proposta de casamento, no restaurante Cinderella’s Royal Table. Para mais informações de como criar esse conto de fadas, entre em contato com o time de eventos especiais no 407-824-4477.

Post de minha autoria publicado na Glamour Brasil em 06/02/2018.

29
Jun
2018
0

Conheci Toy Story Land!!!

Amanhã a longa espera para a abertura oficial da nova área de Walt Disney World, no Hollywood Studios, chega ao fim! No entanto, já posso entregar de antemão que Andy, o menininho dono dos brinquedos Woody e Buzz do filme Disney/Pixar “Toy Story”, é para lá de criativo nos seus momentos de lazer.

Entrada de Toy Story Land

Entrada de Toy Story Land | Mila Soares

Abertura oficial com a presença de Tim Allen (voz de Buzz Lightyear)

Abertura oficial com a presença de Tim Allen (voz de Buzz Lightyear) | David Roark para WDW News

Abertura oficial – Mila Soares

Em várias cenas do filme, Andy aparece dando asas à sua imaginação ao brincar com sua coleção de bonecos, dinossauros e afins. Mas basta um saidinha do quarto, para que os mesmos criem vida e tenham sentimentos tais quais os humanos. É exatamente esta sensação de animação que a equipe de engenheiros (imagineers) da Disney teve a capacidade de passar para nós expectadores.
É como se estivéssemos em um quintal gigante e do tamanho de um brinquedo ao ver pegadas enormes, que representam, no caso e na minha fantasia, os passos de Andy. O garoto diverte-se conosco ao construir uma montanha-russa, onde ao invés de um carrinho comum, ele usa o seu cachorro de mola da raça Dachshund, o Slinky. Folhas de caderno com seus rabiscos estão pregadas nas paredes do local, para provar tamanha artimanha.

“Minha atração preferida é Slinky Dog Dash. O passeio é gostoso, dá um friozinho na barriga e ainda te oferece a oportunidade de circular pela land inteira no cachorrinho de mola de Andy”, diz Paula Menna Hall, gerente de relações públicas da Disney Destinations para o Brasil.

Slinky Dog Dash

Slinky Dog Dash | WDW News

Há mais duas atrações para quem não quiser sentir o sobe e desce macio da Slinky Dog Dash. A Toy Story Mania que já existia, mas retornou recauchutada com adição de mais trilhos e quadros e a Alien Swirling Saucers, onde embarcamos em naves espaciais para escapar da “claw” (a garra). Para completar a diversão, os protagonistas Woody, Buzz e Jessie, uma vaqueira corajosa, passeiam descontraidamente entre nós, para dar as boas vindas.

Buzz Lightyear

Buzz Lightyear | Mila Soares

Jessie

Jessie | Mila Soares

A hora da merenda também faz parte da obra de Andy e dos imagineers da Disney. A sua lancheira transformou-se na lanchonete Woody’s Lunch Box, onde encontramos duas das opções mais gostosas de snacks dos parques: o sanduíche de queijo e carne e a sopa de tomate. O caminhão de brincadeira também não escapou das peripécias e converteu-se em loja de souvenirs.

Woody's Lunch Box

Woody’s Lunch Box | Mila Soares

Toy Story Land é um convite para um mundo de faz de contas de cores vibrantes, onde bancos são peças de dominó ou palitos de picolé, colunas são garrafas de merendeira e mais de duzentas luzes coloridas entrelaçam-se de um lado a outro para dar, literalmente, luz a toda essa imaginação. Uma excelente oportunidade para visitar o mundo imaginário que cada um carrega dentro de si. E, cá para nós, ninguém faz isso melhor do que a Disney.
Sendo assim, um mini roteiro do dia perfeito em Hollywood Studios com assinatura de Paula M. Hall:

Paula M. Hall - Gerente de Relações Públicas da Disney Destinations para o Brasil

Paula M. Hall – Gerente de Relações Públicas da Disney Destinations para o Brasil | Rodrigo Barranco

“Comece por Toy Story Land. Depois siga para a área de Star Wars e conheça os personagens Chewbacca e Kylo Ren. Aproveite para ver o desfile dos Storm Troopers.
Em seguida, pare para tomar uma cervejinha no restaurante The Hollywood Brown Derby. Após a pausa, caminhe pela Sunset Blvd em direção a Torre do Terror e a montanha-russa da banda de rock Aerosmith. Experimente as duas!
Retorne para Toy Story Land e veja o lugar iluminado. Dê uma voltinha na Slinky Dog Dash e termine a noite assistindo o show de fogos “Star Wars”: A Galactic Spectacular.”
Para mais fotos e vídeos me acompanhem no instagram @cosmopolitando

21
Jun
2018
0

Lista completa de onde comer saudável na Disney

Morando em Orlando e frequentando parques da Disney a torto e a direito, sei o quanto fica difícil sustentar a compostura diante de tanta guloseima. Sei, também, que fast food é o que sempre parece mais acessível. Porém, estou aqui para provar que há muito mais do que pizza e hamburger por aí e que, tem sim, como manter a linha e a sanidade (risos) comendo saudável nos parques da Disney!

O "chef" Mickey e Mila Soares (Foto: Priscilla Barbosa)

Em primeiro lugar, sempre procurem pelo “Mickey Check Symbol”  para fazer escolhas nutritivas. O símbolo do Mickey amarelinho nos cardápios indica que a comida será servida em tamanho apropriado, com pouco açúcar, sódio e gordura. Alguns restaurantes, sejam eles de balcão (“quick service”) ou de mesa (“table service”) já possuem ítens vegetarianos e veganos. Os preços para crianças referem-se à crianças entre 3 e 9 anos (crianças menores de 3 anos não pagam; Maiores de 10 anos são considerados adultos). Lembrando que, nos restaurantes com serviço de mesa, o horário de almoço é entre 11h e 15h, e o de jantar a partir de 16h até o fechamento do parque.

Ao longo desta página, mostro uma seleção completa de locais que oferecem opções saudáveis e com serviço de balcão – bem como, meu restaurante sofisticado preferido, em cada um dos quatro parques. Nestes, reservas são extremamente recomendadas, viu?

NO EPCOT…

Katsura Grill (Foto: Mila Soares)

● Electric Umbrella (Future World) – salada com frango;
● Sunshine Seasons (Future World) in “The Land” – salada de beterraba com queijo de cabra, atum com salada verde, sopa, sanduíche de peru e salmão grelhado;
● La Cantina de San Angel (Pavilhão do México) salada, tacos de peixe, frango ou carne;
● Liberty Inn (Pavilhão dos Estados Unidos da América ) – frango grelhado com salada, hamburger vegetariano;
● The Tangierine Cafe ( Pavilhão do Marrocos) – bandeja com vegetais, homus, tabule e salada de cuscuz;
● Katsura Grill (Pavilhão do Japão) – sushis, macarrão com camarão ou carne.
● Coral Reef (Future World) – restaurante temático no estilo fundo do mar – um dos meus favoritos –  creme de lagosta, saladas, peixes grelhados;
● Tokyo Dining (Pavilhão do Japão) – dono da melhor vista para o show de fogos “IllumiNations: Reflections of Earth” – sushis, contrafilé e frango grelhados.

NO MAGIC KINGDOM…
● The Tomorrowland Noodle Station – macarrão com vegetais e tofu, salada Ceasar com frango, bife com brócolis e arroz no vapor;
● Cosmic Ray’s (Tomorrowland) – falafel burger e salada grega;
● Columbia Harbour House ( Liberty Square ) – sanduíche de homus com tomate e brócolis, saladas;
● Pecos Bill Tall Tale Inn and Cafe (Frontierland) –  saladas diversas e burrito vegetariano;
● Cinderella’s Royal Table (Fantasyland) – restaurante localizado dentro do castelo da Cinderela. Aqui você faz parte da realeza e é tratado por “Milady” ou “Milord” – salada de filé-mignon, peixe do chef do dia (chef real traz o peixe mais fresco do reino!).

NO DISNEY’S HOLLYWOOD STUDIOS…
● ABC Commissary (Commissary Lane) – salada mediterrânea com frango (almoço), salmão grelhado com cuscuz e vagem (jantar);
● Anaheim Produce (Sunset Boulevard) –  frutas e legumes frescos;
● 50’s Prime Time Cafe (Echo Lake) – restaurante temático, onde todo mundo faz parte de uma grande família. Você será tratado por primo ou prima – salmão grelhado e salada com salmão. Tem também lasanha de vegetais e bolo de carne.

NO ANIMAL KINGDOM…

Tiffins (Foto: Mila Soares)

● Harambe Fruit Market (África) – frutas e vegetais frescos;
● Restaurantosaurus (DinoLand U.S.A) – hamburger vegetariano;
● Tiffins (Discovery Island) – restaurante que celebra a arte e inspiração por trás do parque Animal Kingdom. Os “imagineers”, designers que inventam e implementam novos conceitos tecnológicos na Disney, incorporaram o conceito de arte e também de souvenirs que eles colecionaram, enquanto estavam na África planejando o parque temático – pratos com peixes diversos, frango e camarão.

Por fim, bebam muita água e divirtam-se!

Post de minha autoria publicado na Glamour Brasil em 20/01/2018

18
Jun
2018
0

Minha opinião sobre “Os Incríveis 2” com direito a tapete vermelho em Los Angeles

Passaram-se 14 anos para que “Os Incríveis 2” Disney/Pixar fosse lançado. Porém não se preocupem, pois a sequência segue exatamente os eventos do filme original com a família Pêra (Parr) tentando viver uma vida normal, após anos dedicando seus superpoderes à proteção do mundo. Helena – mãe (voz de Holly Hunter), Beto – pai (Craig T. Nelson), Violeta, filha (Sarah Vowell), Flecha, filho (Huckleberry Milner) e o bebê Zezé (Eli Fucile) vivem pacatamente no subúrbio, mas não escondem uma certa nostalgia dos tempos em que a tarefa principal do clã era combater o mal.

No entanto, esse dia a dia sossegado termina quando o vilão Underminer passa a tocar terror na cidade, deixando os Pêras em polvorosa. Desta vez, Helena, vulgo Sra. Incrível, é o centro das atenções ao ser convocada a liderar uma campanha que traz os Supers de volta.

A família Pêra - Os Incríveis

Courtesy of Pixar

O enredo apresenta claramente os poderes de cada membro da família, em especial o da mulher ao exibir habilidades fora do comum. Um tema atual ponderado pelo diretor Brad Bird, em entrevista dada na première do filme em Los Angeles.

“Pais são sempre vistos como fortes, então o fiz super forte. Mães são puxadas em diferentes direções de uma vez só, então a criei para ser elástica. Adolescentes são inseguros e vivem na defensiva, então criei Violeta com o poder de ser invisível. Um garoto de 10 anos é cheio de energia e bebês são seres que podem ou não ter poderes”.

John Walker (produtor); Brad Bird (diretor) e Nicole P. Grindle (produtora)

Helena dar piruetas, pinta o sete e para trem em fuga impedindo-o de causar estragos, graças ao seu pensamento rápido e braços elásticos. Porém, não estará sozinha. O magnata das telecomunicações Winston Deavor (Bob Odenkirk) tem certeza que agora é o momento de trazer Os Incríveis de volta.

Helena, a Sra. Incrível

Courtesy of Pixar

Enquanto a heroína começa a luta contra a maldade, o pai está em casa lidando com os afazeres domésticos e os problemas comuns da adolescência, além de um filho levado e um bebê que exibe diversos superpoderes – nada diferente do que um bebê exige por 24h e, olha, que falo de carteirinha –  o que não necessariamente seria enfrentar o mal, mas, certamente, organizar as tarefas do lar exige muito mais do que força; demanda um psicológico para ninguém botar defeito.

Visivelmente os príncipes encantados foram aposentados e os heróis ficaram no âmbito da imaginação. Vida real é o que importa! O que não deixa de ser um outro tópico do filme ao trazer Screen Slaver, vilão que usa hipnose através dos seus olhos representando telas. Afinal, não é este o nosso mundo da moda?

O filme exibe uma grande sequência de ação, humor e o talento de atrizes como Holly Hunter ao dar vida à voz de Helena. Entretanto, acima de tudo, mostra que todos os papéis na vida familiar são importantes e complementares.

Nos cinemas dia 28 de junho!

 Holly Hunter, voz de Helena Pêra

Personagem Edna Moda

 Première do filme "Os Incríveis 2"em Los Angeles

1 2 3 55